Textos

Tudo começa com um sonho…

Por 19 de setembro de 2018 Um Comentário

Sonhar tornou-se uma atividade rara para a sociedade moderna. As pessoas pouco têm parado para pensar sobre o que querem para as suas vidas, seus objetivos, seu propósito, seus verdadeiros sonhos. Vivemos solucionando problemas, enfrentando trânsito, cumprindo horários, participando de reuniões, trabalhando até tarde e pouco refletimos sobre nós mesmos, o que somos, como somos e o que queremos ser. A visualização dos sonhos é um exercício tão importante quanto realiza-los. E fundamental para iniciar qualquer processo de mudança.

Imaginar o que queremos, com quem gostaríamos de estar, onde queremos chegar, como gostaríamos de nos tornar deveria ser uma atividade natural no nosso dia a dia. Não é raro observar a dificuldade que as pessoas encontram para visualizar seus desejos e dizer o que querem. Os seres humanos são impecáveis em reclamar, em dizer o que não gostam, o que não querem, o que estão fartos de suportar, revelar os seus anseios, os seus traumas, descrever as tristezas que passaram e os sofrimentos que tiveram. E amadores em dizer o que sonham, o que amam, o que lhes dá prazer, o que os torna confiantes, em relatar as melhores experiências que tiveram e imaginar como gostariam de transformar suas vidas.

Ao serem questionados sobre os seus sonhos, não é raro ouvir respostas como “Não pensei sobre isso”, “Não tenho tido tempo para isso”, “Minha vida é muito atribulada para eu pensar nesse assunto”, “A vida foi acontecendo em uma velocidade tão alta que não consegui parar para pensar nisso”. Essa dificuldade tornou-se tão comum que se fez necessário encontrar um espaço na agenda para refletir sobre os sonhos. Sonhar é parar para pensar. Sonhar é interromper a rotina do dia a dia para se conectar consigo mesmo. Sonhar é se desprender de regras e padrões e elevar os pensamentos sem julgamentos. Sonhar é sentir liberdade para pensar, para criar, para inventar. Sonhar é ser livre, ser criativo, ser louco…

Você tem tido tempo para pensar nos seus sonhos? Você tem liberdade para sonhar? Você se sente cobrado e tolhido para sonhar? Então, escolha um local calmo e tranquilo, de preferência em contato com a natureza, tire os seus sapatos e coloque os pés na terra, na grama ou na cachoeira; feche os seus olhos; respire profundamente por três vezes; sinta a paz do silêncio e deixe a sua mente livre. Aos poucos, visualize-se caminhando sobre a grama com os pés descalços e a brisa batendo no seu rosto. Imagine-se vindo na sua própria direção e olhando-o nos seus próprios olhos. Agora, diga mentalmente para você mesmo “Aqui você está livre, pode sentir o que quiser, pode falar o que quiser. Aqui não há julgamentos”. E pergunte a você mesmo “O que você quer? O que você gostaria de realizar?”. Ouça a resposta vinda de você mesmo e acolha com carinho cada palavra, cada gesto e cada emoção. Visualize o seu coração e abra-o para receber o seu sonho. Dê um lugar especial para o seu sonho dentro do seu coração.

Agora o seu sonho está integrado no seu ser e a partir do momento em que você abrir os seus olhos, cada passo dado será com esse sonho dentro do coração. Se não der tempo para pensar no sonho todos os dias, faça-o pelo menos uma vez por semana. Jamais esqueça-o. E repita esse exercício tantas vezes quando forem necessárias para visualizar os seus sonhos e guarda-los no seu coração.

1 comentário

  • Juliana Nedel disse:

    Muito bom!!! Adorei o texto!! Parabéns!! O sonho sempre acontece primeiro na nossa mente, por isso a importância de sempre vizualizarmos antes, saber o que queremos, o que nos faz bem e o que almejamos atingir. Vamos nos permitir a sonhar mais!!

Deixe um Comentário